sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Vereador replica polêmica de situação fiscal do período do Prefeito Dedé Pio e que convocará Secretário de Finanças para esclarecer dados controversos

Após repercussão da resposta dada pelo Vereador Antônio Leite sobre afirmação do Prefeito de Altaneira Dariomar Rodrigues de que passou os dois primeiros anos do seu mandato tentando organizar o executivo e que quem receber o comando do Município depois dele receberá muito melhor do que ele havia recebido. Foi veiculado matéria no Blog palavras de Itim, espaço utilizado para enaltecer a imagem do Prefeito de Altaneira, matéria dando respostas ao Vereador pelas citações feitas


Foram divulgadas imagens e links do Portal da transparência do Município e um texto zombando do conhecimento do Vereador a respeito da matemática.

“Enfim, somando todos esse valores, ultrapassamos o valor de duzentos e vinte e nove mil e trezentos e quinze reais e onze centavos do valor dos dois milhões e quinhentos mil, citados pelo vereador que demonstra um profundo desconhecimento na matemática pura e simples.” Conclui a matéria.

De imediato o Vereador Antônio Leite postou em sua rede social, resposta a respeito da questão, esclarecendo que os documentos que havia divulgados são oficiais, assinados pelo Prefeito na época Dedé Pio.

“A respeito de matéria veiculada pôr pseudo assessor de comunicação da prefeitura, referente a pronunciamento que fiz no plenário da Câmara e publicação em minha página pessoal Facebook, esclareço: os documentos que publiquei constam da prestação de contas do governo de 2016, são portanto, documentos oficiais assinados pelo a época prefeito Dedé Pio e pelo pessoal de controle interno da prefeitura e o contador avartanhas Sousa.” Afirmou Parlamentar.

E acrescentou que os documentos publicados, apesar de possuir a logomarca do Município, não estão assinados. Que os postados por ele estão disponíveis no Portal da transparência do TCE e não no Portal da “aparência” do município, fazendo alusão ao Portal da transparência do Município.

“Os documentos publicados pelo "assessor", apesar de constar a logomarca da prefeitura de quer são assinados. Digo mais os documentos que publiquei constam do portal da transparência do TCE e não do portal da aparência da prefeitura.”

O Vereador conclui fazendo menção a convocação do Secretário de Finanças, Humberto Batista, para esclarecer toda essa situação.

“De toda forma, apresentarei a câmara na primeira sessão, requerimento de convocação do secretário de finanças para que esclareça se os documentos apresentados pelo referido servidor são do governo municipal.

Até o momento a postagem do Vereador recebeu apenas 6 curtida e um compartilhamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu pensamento ou comentário.