sábado, 12 de maio de 2018

Universitários: Prefeito recua e promete continuação do transporte gratuito momentaneamente

Universitários presentes a reunião.  

Em uma longa reunião entre o executivo e os universitários, com a presença de alguns Vereadores, Prefeito faz uma mini prestação de contas, elucidando alguns gastos dos últimos dois anos do executivo, anuncia a permanência do transporte gratuito e busca sensibilizar os universitários da importância da prestação de serviços voluntários a municipalidade.


Essa reunião foi agendada pelo Executivo local após uma forte pressão nas redes sociais exercida pelos universitários depois que Prefeito relatou o interesse de “cortar” os ônibus do município que transportam gratuitamente os universitários de Altaneira para as Instituições de Ensino Superior da Região Metropolitana do Cariri.

Durante a reunião o Prefeito e a Secretária de Educação, Leocádia Rodrigues, que também responde pela pasta da Secretaria de Cultura, se revezaram na exposição de dados referentes aos gastos com diversas despesas da Secretaria de Educação na busca de sensibilizar os presentes a respeito da necessidade de cortes de despesas na referida pasta.  

Após várias intervenções dos presentes, o Prefeito solicitou ao Presidente da Associação dos Universitários de Altaneira – AUNA  uma projeção de gastos mensais com o transporte dos universitários, tendo em vista que tem se tornado inviável a manutenção dos ônibus do programa Caminhos da Escola.

De acordo com Renir seria necessário algo em torno de R$ 20.000,00 mensais para alugar os veículos necessários para atender a todos os universitários dos períodos manhã e noite. De imediato, o Prefeito perguntou se realizasse o repasse desse valor para a associação o problema estaria resolvido. Os universitários ficaram receosos em virtude das alterações sobre o número de universitários no início do segundo semestre. Como ainda, o gestor entende que consegue negociar os proprietários de veículos de alugueis um valor menor para contratá-los.

Dessa forma, foi proposto que enquanto essa situação não se resolva os universitários continuarão utilizando, gratuitamente, os ônibus do município para se deslocarem para a Universidade. Essa proposta de contratar veículos particulares e o Município efetuar o repasse do valor para a associação sempre foi uma posição que venho defendendo há mais de quatro anos. Sempre acreditei que se torna muito mais barato para a municipalidade e menos desgaste para os veículos públicos.

Em seguida, iniciou-se uma tentativa de sensibilização dos universitários para que os mesmos prestem serviços a administração de forma voluntária. Durante os vários discursos os universitários não demonstravam muito interesse em colaborar, apresentando diversos impedimentos. Pouco mais de 5 universitários se colocaram à disposição dos gestores.

Quando fora facultada a palavra, registramos que fomos nós que iniciamos a discussão dessa possibilidade de corte nas redes sociais com o objetivo de que a categoria demonstrasse preocupação com a situação e unidade nas posições. Ressaltamos ainda a nossa felicidade em termos alcançado nosso objetivo, primeiro em unir a categoria e segundo em pressionarmos o executivo para a manutenção desse importante incentivo aos nossos futuros profissionais. Nossos debates e diálogos surtiram efeitos e a decisão do executivo em manter o transporte gratuito foi uma decisão acertada. Iremos ficar sempre atentos e a inteira disposição de todos.