sexta-feira, 4 de março de 2016

Prefeito envia projeto sobre reajuste para todos os Servidores Municipais, com exceção de outras categorias

Foi protocolado no dia de ontem, 03/03/2016, projeto de lei n°. 002/2016 que dispõe sobre o reajuste dos vencimentos  dos servidores municipais do Poder Executivo. Os reajustes serão concedidos todos os servidores com exceção para os PROFESSORES.

Os reajustes serão dados de acordo com a tabela abaixo:



Conforme a regra o aumento do salário mínimo corresponde à variação do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado junto da inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Por isto ele é calculado com base na inflação do ano anterior (INPC) e mais o PIB e o seu valor é atualizado em Janeiro.
O projeto encaminhado terá seus efeitos retroativos ao dia 04 de janeiro do ano em curso.
Não compreendo os motivos que fazem com que uma administração desrespeite tanto uma categoria que deveria ser a que mais recebesse investimentos. Os Professores passaram mais de três nos sem receber os reajustes repassados pelo governo federal. E esse ano, o reajuste já foi concedido pelo governo federal no valor de 11,36%.

Nem o Prefeito e muito menos o Secretário de Educação se pronunciaram sobre a exclusão dos professores do reajuste. Seria pela complacência e comodismo da maioria da categoria?

Além dos Professores, os cargos de Assistente Social, Nutricionista, Agente de Saúde, Agente de Endemias, Enfermeiro e Conselheiro Tutelar não foram incluídos na relação dos agraciados com o reajuste.

Nos resta lamentar diante de tudo...