sábado, 18 de outubro de 2014

UNIVERSITÁRIOS CRITICAM AÇÕES ADMINISTRATIVAS A POUCO DIAS DA ELEIÇÃO

Logo após ser divulgado na internet nas redes sociais no perfil de João Alves que o governador Cid Gomes e o Prefeito Delvamberto, preocupados com a segurança pública nas pequenas cidades foi buscar uma viatura para atender a nossa comunidade. O jovem Servidor Público Claudio Gonçalves utilizou-se da mesma rede social para criticar fortemente tal ação, tendo em vista do momento eleitoral, onde estamos a mesmo de 10 dias para realização do segundo turno.


O jovem Claudio lamentou a tentativa de tentarem taxar o povo como “burro” e não percebe que a intenção dele é tentar iludir com ações próximo da eleição para votarem no candidato dele.

Leia o comentário do jovem Servidor:
“Faltando pouco mais de uma semana para o segundo turno das eleições para governador o senhor Governador "sensibilizado" com a situação se insegurança do nosso município resolveu enviar uma viatura. Será que ele pensa que o nosso povo é burro e não percebe que a intenção dele é tentar ações em cima da hora para convencer o povo a votar em seu candidato”?

O jovem acrescenta ainda sua indignação chamando de hipócritas os atuais gestores responsáveis pelo envio da viatura.

Ele acrescentou:
“Fico triste com estes hipócritas que acham que conseguem manipular nós (povo) com suas ações que mais parecem migalhas. Faltam pouco menos de dois anos para o inicio das eleições municipais e tenho certeza que irão começar as ações/migalha para tentar ludibriar a nós que temos o poder de tira-los de ontem eles acham que nunca sairão”.

Já o universitário Vitor Oliveira afirma ser sempre assim, faltando pouco tempo para o pleito eleitoral os políticos ficam “bonzinhos” e finaliza citando o jornalista Luiz Carlos Prates.

“É sempre assim, faltando pouco tempo para o pleito eleitoral, os políticos ficam "bonzinhos". Como diria o grande jornalista Luiz Carlos Prates: O cidadão que lê os jornais de sua cidade, dentro de dois anos se torna uma pessoa totalmente diferente do que era antes e passa a não aceitar as mentiras que são contadas e sabe ESCOLHER o seu voto”.

Como sempre os comissionados de plantão partiram pra defesa dos seus superiores.

O comissionado da Prefeitura Edycler Teles questionou:
“Então mesmo a viatura estando no jeito de ser entregue o certo seria apenas depois das eleições? Sem preocupação com a segurança”?

Já a Diretora Escolar Leocádia Soares, como sempre, preferiu ironizar e chamar os irmãos Gonçalves de ingratos e sem coerência política.


Sem questionamentos que a vinda da viatura era um anseio e cobrança antiga de todos nós. Desde o mês de maio do corrente ano que nosso destacamento policial se encontra sem viatura. Sua vinda nos trará a garantia de maior segurança e melhor atuação dos nossos policiais militares. Porem os jovens universitários tem razão em questionar o momento em que fora atendido a antiga reivindicação. Até porque a segurança pública vem sendo a área mais criticada pela oposição ao gestor estadual. Deixa entender que só buscou providenciar nesse momento por causa da eleição de segundo turno próximo, que por sinal está muito acirrada. No entanto cabe aos cidadãos analisar com cuidado e dar seu voto consciente, fazendo ponderações sobre tais situações.