quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Eunício leva apoio à Dilma e tenta afastar petista do palanque de Camilo

Campanha de Eunício e Tasso é marcada por palanque aberto para Dilma e Aécio
A presença do senador na comitiva do Planalto é estratégica para aproximar acordo com a presidente e evitar sua presença em palanques no Ceará.




Candidato do PMDB ao governo, o senador Eunício Oliveira (PMDB) permanece em Brasília nesta quinta-feira, 7, onde participa de evento de sanção do novo Simples Nacional com Dilma Rousseff (PT). A presença do peemedebista na comitiva do Planalto, em momento de “apoio morno” do senador à petista, é estratégica para aproximar acordo com a presidente e evitar sua presença no palanquede Camilo Santana (PT).


Na última semana, o senador foi alvo de críticas de segmentos do PT em Fortaleza, que criticaram “apoio morno” do candidato à reeleição de Dilma. Segundo vereadores petistas, Eunício estaria evitando mencionar Dilma em grandes eventos para não se indispor com o aliado Tasso Jereissati (PSDB), que apoia Aécio Neves (PSDB). A ação, segundo eles, beneficiaria apenas o presidenciável tucano.


Ao lado de Dilma Rousseff, o senador terá chance de reafirmar apoio à reeleição de Dilma e tentar afastar vinda da presidente para o palanque de Camilo Santana. O apoio da gestora, assim como do ex-presidente Lula, tem sido estratégico para a campanha do petista. Eunício, por outro lado, diz garantir ter compromisso da não participação de Lula na campanha.


Eunício Oliveira, que é líder do PMDB e da Maioria no Senado, foi relator do projeto do Simples Nacional – que prevê um regime de impostos diferenciado para novas pequenas empresas do País. Segundo o Planalto, o novo projeto facilita ingresso de novos negócios e estimula o empreendedorismo.

Redação O POVO Online