terça-feira, 19 de agosto de 2014

Eunício festeja adesões e Ciro promete virada de Camilo em 10 dias

Eunicio e Ciro. Foto: Tribuna do Ceará
Reunido com aliados em Maracanaú, Ciro minimizou vantagem de Eunício - que também fez ato na cidade - nas pesquisas e pediu esforço por Camilo.


O secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes (Pros), liderou reunião ontem à noite em Maracanaú com apoiadores de Camilo Santana (PT) para animá-los e tranquilizá-los quanto aos números das pesquisas de voto para o governo, que mostram Eunício Oliveira (PMDB) na liderança com larga vantagem sobre o petista.
Ciro prometeu aos aliados que Camilo vai virar o jogo após 10 dias de programa eleitoral na televisão – e fez novos ataques a Eunício, a quem acusou de enriquecer mediante “contratos obscuros com o governo federal”.

“A finalidade desse encontro é ativar nossa militância (...) O nosso pessoal tá meio capiongo com a divulgação das pesquisas. Eu digo a vocês: não se preocupem com isso”, discursou Ciro para as dezenas de prefeitos (incluindo Roberto Cláudio, do Pros), deputados estaduais e federais e outras lideranças reunidas no Clube Zoeira.
Pesquisa O POVO/Datafolha divulgada na última quinta mostra Eunício com 47% das intenções de voto na consulta estimulada. Camilo, candidato do governador Cid Gomes (Pros), aparece em segundo com 19%.

Eunício comemora
Na manhã de ontem, o partido Solidariedade, oficialmente coligado a Camilo, anunciou apoio a Eunício e ao candidato o Senado na sua chapa, Tasso Jereissati (PSDB). À tarde, o prefeito de Aquiraz, Antônio Guimarães (Pros) informou que também abandonou Camilo por Eunício. “As lideranças estão sentindo nas ruas a vontade da população de eleger um outro governo. O governo do diálogo”, disse o peemedebista também em Maracanaú. 

Patrimônio de Eunício
No encontro com aliados, Ciro acusou Eunício de ter aumentado seu patrimônio mediante “contratos obscuros junto ao governo federal”.

“Se eu entro na política, como entrei no Ceará, e vivo trabalhando na política, (sendo) ou governador, ou prefeito, ou ministro, ou deputado - o salário é bom pra cacete, comparado com o salário da população -, mas se eu aparecer com 99 milhões de reais no meu patrimônio, negrada, aí tem”, disse Ciro.

“Só uma empresa chamada Manchester, de propriedade do nosso opositor, obteve com fraude, apurada ainda pelo Tribunal de Contas (da União), um contrato na Petrobras de R$ 300 milhões. Assim é moleza ficar rico”, completou o irmão do governador Cid Gomes.
Saiba mais

1. Novas adesões
Eunício e seu candidato vice, Roberto Pessoa (PR), encabeçaram carreata ontem à noite em Maracanaú. Segundo Pessoa, os prefeitos de São Luís do Curu, Pacoti e Uruburetama, filiados a partidos coligados de Camilo Santana, anunciaram que vão apoiar Eunício 

2. Suposta demissão
Segundo Eunício, o prefeito Roberto Cláudio demitiu ontem à tarde Renan Colares, secretário executivo de Planejamento e Orçamento. Renan é filho do deputado estadual Fernando Hugo, do Solidariedade, partido que pela manhã anunciou adesão a Eunício.

3. Prefeito nega
“Estão achando que o poder de pressão, de caneta, de máquina, vai ganhar as eleições”, disse Eunício. Questionado pelo O POVO, Roberto Cláudio disse que desconhecia a demissão.

Fonte: OPovo.com