sexta-feira, 20 de junho de 2014

VEREADOR PROF. ADEILTON DECIDE CONTINUAR COMO PARLAMENTAR EM ALTANEIRA

Vereadora Zuleide, Vereador Prof. Adeilton e Ver. Gilson Cruz. Foto: João Alves
O Vereador Prof. Adeilton – PP, decidiu continuar como Vereador e Professor da EEM Santa Tereza.
No final de 2013 o Vereador Prof. Adeilton foi aprovado no concurso para Professor do Estado do Ceará. Como o mesmo já é concursado com 40 horas semanais do estado, poderia assumir mais 20 horas.
Como além de Professor é Vereador em Altaneira CE não poderia acumular as três funções: Professor, com dois contratos e Vereador. Pois, em caso de assumir as 300 horas, o estado exige dedicação exclusiva. Dessa forma, caso decidisse pelo concurso, deveria RENUNCIAR do cargo de Vereador.

A partir disso, o clima de dúvida e diversas cogitações começaram a se espalhar por nossa cidade. Várias pessoas tomaram iniciativa de debater e apresentar sugestões pela cidade e em redes sociais na internet. A dúvida e indecisão giravam em torno de, em caso de assumir as 300 horas o mesmo ficaria com o futuro mais seguro, mesmo porque o mandato de Vereador é de 4 anos.

No início de maio desse ano, foi publicado a convocação dos aprovados e dado os prazos para realização de exames e apresentação das documentações pessoais.

Com todo esse clima de aconselhamentos e pedidos, recebemos a informação de que a SEDUC só permite lotação de 300 horas em Escolas que funcionem manhã, tarde e noite. E ainda tenha uma distribuição de carência de 100 horas em cada turno. Apesar de funcionar nos três turnos a EEM Santa Tereza não dispõe de carência em matemática de 100 horas distribuídas nos três turnos. Dessa forma, caso decidisse pelo concurso, teria que ser lotado em Nova Olinda ou Santana do Cariri que são as duas cidades mais próximas que apresentavam essa carência.

Analisando junto aos amigos eleitores e familiares, concluímos que por já ter as 200 horas no estado e ainda ter que RENUNCIAR do Cargo de vereador para ter que sair de Altaneira para trabalhar fora, por causa de mais 100 horas, seria um desgaste e sofrimento a mais.

Levando tudo isso em consideração e juntando ainda com os inúmeros pedidos dos amigos e fieis eleitores de que deveria ficar e concluir seu mandato, na luta e na defesa da classe menos favorecida. O Vereador Prof. Adeilton decidiu por abandonar o concurso e continuar no trabalho na política, sem jamais deixar de lado sua simplicidade e seu compromisso popular.

Estou ciente de que caso tomasse posse nesse concurso teria um futuro mais garantido. Porém, deveria deixar outro trabalho que gosto muito e que tenho a certeza de estar contribuindo muito com nossos projetos e posições tomadas diante de preposições na Casa Legislativa. Mesmo tendo certeza do prejuízo futuro, decidi continuar na luta e permanecer no Cargo de Vereador.


Agradecemos a todos pelas preocupações e aconselhamentos. Estamos a inteira disposição de todos e reafirmamos nosso compromisso em continuar respeitando a confiança depositada e com nosso trabalho sério e dedicado à frente do legislativo municipal.