sábado, 26 de abril de 2014

RÁDIO ALTANIRA FM DIVULGA PESQUISA SOBRE MUDANÇA DO DIA DA FEIRA EM ALTANEIRA

Tabulação dos resultados feita pela ABA.
Foi divulgada na manhã de hoje, 2604, pelos jovens “arqueiros”, Givanildo Gonçalves e Claudio Gonçalves, no Programa Juventude em Debate, apresentado pela jovem universitária Francilene Oliveira, pesquisa realizada pela Altaneira FM a respeito da mudança do dia da feira no município de Altaneira – CE.

Givanildo Gonçalves anunciou que foram entrevistados 348 pessoas nos domingos que acontecem a feira local.


Dos entrevistados cerca de 85% foram contrários a mudança do dia da feira. Enquanto, aproximadamente, 12% foram favoráveis e em torno de 3% não souberam opinar ou não quiseram se posicionar a respeito.

Desse modo, o mesmo defendeu que não há necessidade de ser realizado um Plebiscito em Altaneira sobre essa questão, tendo em vista que existe matéria em debate na Câmara de Altaneira sobre essa possibilidade. Ele acredita que seria um gasto desnecessário e que todos já sabem qual a posição da maioria da comunidade.

Durante a exibição do Programa, os irmãos Gonçalves indagaram vários questionamentos sobre a mudança do dia da feira. Expressaram que a feira local não esta estritamente ligada somente ao comércio, mas sim, a uma questão de lazer de alguns altaneirenses, em especial, dos nossos agricultores.

Questionaram ainda, como os comerciantes estão tratando a relação que possuem com seus clientes. Se é uma relação “amorosa” ou apenas de troca.

Assim como os irmãos Gonçalves, também entendo que se torna DESNECESSÁRIO a realização de um Plebiscito em Altaneira para tratar dessa questão. Principalmente em ano de Eleições. A Comissão Permanente, acredito, também não tem essa autonomia financeira para tal. Como também, a Presidenta da Câmara já anunciou que não irá se responsabilizar pela realização do mesmo e que se aprovado irá comunicar ao TRE e solicitar que realizem.


Todos nós já sabemos qual a posição da população de Altaneira a respeito dessa mudança. A grande maioria é contrária.