sábado, 19 de abril de 2014

MUNICÍPIO DE SANTANA DO CARIRI REALIZARÁ CONCURSO PÚBLICO, ENQUANTO ALTANEIRA ...???

O município de Santana do Cariri – CE realizará concurso público para o preenchimento de vagas em diversos cargos públicos.

O certame oferece cerca de 224 vagas distribuídos em níveis de fundamental completo ou incompleto, médio completo e superior completo. As inscrições tiveram inicio nesse dia 14 de abril e vai até o dia 05 de maio do corrente ano. Todas devem ser feitas pelo site da UPA – Universidade Patativa do Assaré, no endereço: www.universidadepatativa.com.br.


Os salários variam entre R$ 724,00 a R$ 5.200,00. Para os servidores em exercício com carga horária de 100h ou de 200h.

Acesse o edital do concurso aqui:

Muitos altaneirenses já veem realizando suas inscrições. Conversei com alguns que irão participar do certame e os mesmos nos citou da expectativa de conseguirem ser efetivados em um cargo público, da garantia de futuro e melhoria no sustento de suas famílias. Relatam ainda que, caso sejam aprovados, irão morar por lá. Com certeza teremos aprovações e perderemos algumas pessoas que poderiam contribuir e muito com nossa cidade. Questionados sobre essa lamentação, eles justificaram que se o Prefeito não tem coragem de realizar o concurso daqui, tão prometido e esperado, irão fazer fora e buscarão em outras cidades o que não se oferece aqui.

Queremos mais uma vez lamentar a postura do atual gestor. Aprovamos autorização para realização do concurso Público de Altaneira, desde dezembro de 2013. Todos tinham total certeza de que o mesmo fosse realizado no inicio deste ano, porém o atual Prefeito nem se quer se pronunciou sobre esse assunto.


Outro fato lamentável é que o município possui muitas vagas sendo preenchidas por pessoas com cargos comissionados e com desvio de função. Por exemplo, pessoas nomeadas para exercerem a função de chefe de departamento ou chefe de seção, porém atua como motorista ou outra função total mente adversa a nomeada. O prefeito não quer fazer concurso, acredito para manter essa triste postura de alguns péssimos administradores: “fazer da prefeitura um cabide de empregos eleitoreiros.”