terça-feira, 27 de agosto de 2013

VEREADORES DO LADO DO PREFEITO APROVAM A TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM ALTANEIRA

Vereadores da base do prefeito e que aprovaram a Taxa de Iluminação Pública.
Nessa tarde de hoje, 27/08, na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores, os Vereadores de situação seguiram o Parecer dado pelo Relator Ver. Edezyo Jalled e aprovaram a questionada CIP – Contribuição de Iluminação Pública, o projeto foi aprovado por maioria simples de 5 votos favoráveis e 4 contrários.
O projeto deu entrada nessa Casa desde novembro de 2012, no entanto, o prefeito junto do Secretário de Finanças, Ariovaldo, demostraram um forte interesse em ver tal aprovação acontecer.
Participamos de reunião na Coelce em Juazeiro do Norte e firmamos acordo de só votarmos o Projeto após receber relatório da Coelce e realizar uma Audiência Pública com a comunidade e profissionais na área. Vejam: 
Um ponto que nos chama atenção é que após a aprovação do Projeto os proprietários de terrenos e prédios fechados, mesmo que sem ligação elétrica, no perímetro urbano de Altaneira, irão pagar Iluminação Pública junto com IPTU.
Sobre os Isentos de contribuição a União, o Estado e o Município que são os maiores consumidores não pagarão.
Outro ponto preocupante é que o referido projeto nem estava na pauta da comissão e os Vereadores estavam com o entendimento de só votarem depois de receber relatório da Coelce e realizarmos Audiência Pública. Mas o Secretário de Finanças, Ariovaldo veio a Câmara, assumiu os trabalhos do relator, fez o Parecer do projeto e o mesmo foi aprovado. O pior que ainda tem Vereador que diz votar por consciência própria e não a mandado do Prefeito. Será que há quem acredite depois disso tudo? Acho que só eles mesmos.
Secretário de Finanças, Ariovaldo, fazendo o Parecer para o Relator  Ver. Edezyo.
Votaram pela Aprovação da Taxa de Iluminação Pública: Ver. Edezyo, Ver. Flávio, Ver. Antonio Leite, Ver. Alice Gonçalves e Ver. Lelia Oliveira.
Votaram contra: Ver. Professor Adeilton, Ver. Genival, Ver. Gilson e Verª. Zuleide.


Infelizmente os Vereadores do grupo “prefeitonista” aprovaram de imediato o projeto e não deram ouvidos e nem cumpriram o compromisso feito com os dirigentes da Coelce onde só iria votar o projeto depois de receber o Relatório da Coelce e realizar AUDIÊNCIA PÚBLICA com a comunidade. Mas uma vez fica claro a influência do executivo em nossos trabalhos, o projeto não estava nem na pauta de hoje da Comissão, mas foi impostos e os Vereadores do lado do Prefeito mudaram de imediato suas posições e compromissos.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

EX-PREFEITO DORIVAL TEM SUAS CONTAS APROVADAS PELA CÂMARA DE VEREADORES

Ex-Prefeito Dorival.
Nessa tarde de hoje, 20/08, na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores, o Ex-Prefeito Dorival teve suas ultimas prestações de contas de sua gestão aprovadas por maioria de 5 favoráveis e 4 contrários.
As contas deram entrada nessa Casa desde 24 de julho e tinham que ser votadas em 60 dias após o seu protocolo de acordo com o art. 42 da Constituição do Estado do Ceará.
Após a leitura do Parecer dado pelo Relator da Comissão Permanente, Ver. Edezyo, que opinava pela DESAPROVAÇÃO das contas, o mesmo fez defesa alegando que dos 45 itens analisados pelo Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, 13 deles foram considerados negativos. O relator afirmou ainda que a Procuradora do ministério Público de Contas emitiu parecer prévio pela desaprovação das contas, problemas relacionados à arrecadação da Dívida Ativa, repasse das consignações destinadas ao INSS.  
Fizemos leitura do Parecer proferido pelo Relator Conselheiro Ernesto Saboia do TCM, onde fica claro que as mesmas legatórias que aparecem no Parecer de Edezyo foram frisadas pelo competente Conselheiro. E finaliza afirmando que os itens julgados como negativos não são suficientes para a desaprovação das referidas contas. Vale registrar que durante o ano de 2010 e/ou posteriores não foi protocolado nenhuma denuncia ou questionamentos a respeito das contas de gestão do referido ano. Não existia assim, nenhum ponto polêmico em tais prestações que provocassem posicionamentos pela desaprovação.
Na votação, onde foi julgado o parecer dado por Edezyo, orientamos aos nobres colegas que seguíssemos o parecer dado pelo TCM.
Votaram pela Desaprovação das contas: Ver. Flávio Correia, Ver. Antônio Leite, Ver. Edezyo e Verª. Lélia Oliveira.
Votaram pela Aprovação das contas: Verª. Zuleide Oliveira, Ver. Genival Ponciano, Ver. Gilson Cruz, Verª. Alice Gonçalves e Ver. Professor Adeilton.

Aproveitamos para parabenizar todos os Vereadores que em seguir o Parecer dado pelo TCM, pela coerência e pela postura correta, em especial a Vereadora Alice Gonçalves pela coragem e pela força em seguir nossa orientação e não ao grupo “prefeitonista”. 

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

MUDANÇAS PARA FESTA DA PADROEIRA PROVOCAM DEBATES EM ALTANEIRA

Prefeito Delvamberto, Padre Alberto e Empresário Palito.
Nesse ultimo dia 05/08, Padre Alberto, responsável pela Paroquia de Santa Tereza, convocou alguns representantes da comunidade de Altaneira para análise da última festa da Padroeira e formularem propostas para possíveis mudanças para esse ano, que acontece tradicionalmente de 06 a 15 de outubro.
Compareceram a reunião o Prefeito Delvamberto Soares, o empresário dono do Mega Som e irmão do Prefeito Palito Soares, a Secretária de Cultura Ana Rodrigues, os Vereadores Antônio Leite, Professor Adeilton e Zuleide Oliveira, alguns assessores da Secretaria de Cultura e vários católicos ligados à organização da parte religiosa da festa.
Foram apresentadas diversas propostas pelo padre Alberto, pelo Prefeito e como também pelo empresário Palito Soares, todas discutidas com os presentes. Algumas foram bem aceitas por todos, mas outras, geraram certo descontentamento.
Vamos às mudanças:
1 – A festa não acontecerá mais no Calçadão como acontecia desde 1992 de iniciativa do Ex-Prefeito Mago, e sim no Parque de Vaquejada;
2 – Só teremos duas noites com bandas consideradas grandes, a primeira e a última noite, os outros dias terão som e artistas da terra e das cidades vizinhas. O Prefeito alegou problemas com a seca e falta de recursos. Um dos presentes afirmou que na seca falta água e não dinheiro;
3 – Possivelmente nessas duas noites com bandas “grandes” será cobrado um quilo de alimento não perecível para entrada no clube;
4 – Haverá um pré-pau no dia 05/10, com blocos, trio elétrico e banda, bebidas, micaretas... No dia 06/10, será conscientizado para um momento religioso, sem bebidas, sem carros de som...
5 – Os tradicionais bingos organizados pelos paroquianos acontecerão na Praça em frente à Igreja Matriz, com musica ao vivo, venda de comidas típicas, pensando nos contribuintes idosos que não podem subir até o Parque;
6 – A tradicional Seresta que todos os anos é cedida a Igreja também mudará de local, não será mais no Poliesportivo e acontecerá também no Parque;

Acreditamos que tais mudanças trarão certo impacto aos participantes dos festejos da tradicionalíssima Festa da Padroeira de Altaneira. Em alguns locais da cidade esse é o assunto mais debatido. Parte da juventude já reclama nas escolas e nas redes sociais dessas possíveis mudanças. No entanto, aguardaremos pra ver quais mudanças de fato foram efetivadas e que grau de satisfação trará para população, tendo em vista que a festa deve ser realizada para um contentamento popular e não por meros interesses financeiros de alguns.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

VEREADORES DE ALTANEIRA DEBATEM SOBRE A CIP COM A COELCE

Nesta manhã, 16/08, na cidade de Juazeiro do Norte, na sede regional da Coelce, os Vereadores: Antonio Leite, Alice Gonçalves, Zuleide Oliveira, Flavio Correia, Professor Adeilton e Gilson Cruz, participaram de um encontro com a Coelce representada pela Gerente de Distribuição Sul, Socorro Pontes na busca de maiores esclarecimentos sobre a CIP – Contribuição de Iluminação Pública.
Os Vereadores levaram copia do Projeto de Lei, enviado pelo Prefeito a Câmara de Vereadores que institui a contribuição de iluminação pública e, cria critérios para arrecadação e percentuais das taxas a serem cobradas.
A representante da Coelce acredita que tal lei é de fundamental importância para o município, tendo em vistas que a partir de 2014 a Coelce repassará para o município as responsabilidades na manutenção da iluminação pública através da assinatura de convênio. A mesma ainda questionou sobre algumas alterações que deverão ser adotadas no Projeto de Lei e opinou pelo envio de copia do projeto a sede da Coelce em Fortaleza para que seja feita uma análise, em especial, a respeito das taxas mencionadas no referido projeto. Análise essa, que dirá se os percentuais condizem com a real necessidade e se tal arrecadação irá ser suficiente para manutenção das responsabilidades que o município assumirá a partir de 2014.
A Vereadora Zuleide propôs que quando a Coelce estiver com esse relatório em mãos fosse realizado uma Audiência Pública com participação de representantes de toda sociedade altaneirense. O que se concretizará com apresentação de Requerimento na próxima Sessão na Câmara.
Por fim, ficou acordado que os Vereadores irão solicitar ao Executivo municipal o envio de oficio a Coelce solicitando que seja realizada a análise do projeto.


Com certeza o requerimento solicitando realização de Audiência Pública da Nobre Vereadora Zuleide será aprovado e teremos a oportunidade de junto da comunidade debater a criação da Contribuição de Iluminação Pública. Analisando se será positiva para nossa cidade.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Em Altaneira tentaram fazer parecido

Heitor Férrer cobra explicações do governo sobre gastos com buffet

“Enquanto o povo está morrendo de sede, o governador está servindo bombinhas de salmão com caviar, camarão ao sol nascente, canapés, crepe de lagosta, entre outras comidas que nem sei pronunciar o nome”. Assim falou o deputado Heitor Férrer (PDT), denunciando nesta terça-feira, 13, o que chamou de “farra do buffet” do governo do Ceará.
De acordo com o deputado, consta no Diário Oficial do Estado contratação de serviço de buffet  para os próximos meses ao custo de R$ 3 milhões com camarão e caviar, além de outros itens requintados para o cerimonial do governo Cid Gomes.
O real valor orçado é de R$ 3,4 milhões, sendo R$ 278 mil por mês e R$ 10 mil por dia. “Considero a cifra além da sanidade”, disse o parlamentar, relembrando que, em 2010, pelo mesmo serviço, o governo estadual chegou a pagar R$ 3,5 milhões. O menu vai desde camarão à petisco de caviar.
Em defesa de Cid Gomes, o vice-líder do Governo, deputado Júlio Cesar Filho  (PTN), disse que o valor licitado engloba as diversas secretarias e coordenadorias da administração estadual, para que seja realizados recepções e almoços com autoridades nacionais e estaduais. Quem também defendeu o governador foi a deputada Dra. Silvana (PMDB). “Quando a gente recebe na nossa casa tem que oferecer o melhor”, afirmou a parlamentar.
Aqui em Altaneira se tentou fazer o mesmo no inicio do ano passado, quando foi licitado em trono de R$ 400.000,00 para contratação de buffet pelo Executivo Municipal. Realizamos denuncias na Câmara de Vereadores e a licitação foi cancelada e a Comissão de Licitação foi destituída. Ou pelo menos ficou com a culpa. Em valores proporcionais de acordo com o orçamento dos dois entes federados é quase que igual. Outra relação é que os dois também pertencem ao mesma agremiação partidária. Eles gostam de festejar enquanto o povo sofre.

VEREADORES RECEBEM HONRARIA VEREADOR OLÍVIO ALVES DE SOUSA

Nessa última Sessão Legislativa realizada em 13/08, os Vereadores Antônio Almeida Leite, Antônia Zuleide Oliveira e Professor Adeilton, receberam das mãos do Servidor Público João Alves, o Garoto Beleza, filho do Ex-Vereador e Ex-Presidente da Câmara, troféus e certificados por serem os Vereadores mais atuantes no primeiro semestre de 2013.

A Honraria recebe o nome de Olívio Alves de Sousa, que foi Servidor Público, Vereador e Presidente da Câmara de Vereadores de Altaneira. Um apaixonado pelo rádio, assim como o “Garoto Beleza”, João de Olívio, tenta seguir os passos de seu pai.
Todos os Vereadores proferiram discursos de agradecimento exaltando o trabalho realizado por João de Olívio em nossa cidade. Fizeram um breve relato das conquistas do Poder Legislativo durante todo o primeiro semestre, todas feitas em defesa do povo altaneirense. Parabenizaram o Garoto Beleza pela iniciativa e coragem, como também as empresas patrocinadoras do projeto, Farmácia Mãe Gulora e Freire Contabilidade. A Diretora da EEM Santa Tereza encaminhou duas turmas de alunos do 2º ano para prestigiar o evento, acompanhados do Professor Wellton Cardoso.
Segundo João de Olívio a honraria será entregue no final de cada semestre aos Vereadores que mais se destacarem nas suas atividades parlamentares, isto é, os que mais trabalharem em defesa do povo. O Garoto Beleza acrescenta ainda que sua ideia simples e humilde é tentar motivar os parlamentares altaneirenses a continuar e a cada dia melhorar o seu desempenho a frente do mandato que lhe foi confiado pelo povo.

Todos ficaram orgulhosos e honrados por esse reconhecimento, mas esse titulo é de toda a Câmara de Vereadores, pois não conseguiríamos aprovar ou realizar nenhum desses trabalhos sozinhos, nós apenas temos a ideia ou iniciativa e os demais colegas colaboram e as vezes até aperfeiçoam nossas propostas.

Mais fotos do evento:














terça-feira, 13 de agosto de 2013

PROJETO QUE TRATA DE AMPLIAÇÃO DO MÍNIMO PARA OS SERVIDORES DE ALTANEIRA DEVERÁ SER VOTADO HOJE

Servidores em Assembleia no SINSEMA.
O Projeto de lei 011/2013 que trata sobre o reajuste dos servidores públicos efetivos e fixa o valor mínimo da remuneração dos mesmos deverá ser apreciado hoje pela Câmara de Vereadores.
Pelo Projeto, os servidores receberão reajustes salariais de 25% a partir de 1º de janeiro de 2014 e será progressivo até atingir o valor do salário mínimo vigente no país. Sendo assim, durante os meses de janeiro, fevereiro, março e abril será concedido a cada mês 25% de reajuste e somente a partir de 2 de maio de 2014 é que a jornada de trabalho dos servidores será de 40 horas semanais.
Isto é, em 1º de maio não poderá mais existir servidores recendo a menos que o salário mínimo em Altaneira.
Devemos registrar que tal medida faz parte de Termo de Acordo de Conduta, TAC, selada entre o poder executivo e o representante do ministério público da Comarca Vinculada de Altaneira, onde o prefeito de Altaneira teria que enviar até o mês de junho tal projeto. O mesmo foi encaminhado com atraso, pois só deu entrada na Câmara em julho, mas será apreciada o mais rápido possível pela Câmara para dá maior celeridade ao processo.

Iremos continuar acompanhando todo processo e ajudar os servidores a terem seus direitos atendidos. Queremos parabenizar a todos os Servidores pela coragem na cobrança, insistência e até em levar a justiça se preciso. O governo municipal atende as reivindicações dos servidores e do SINSEMA e faz jus ao estabelecido na nossa Carta Magna. Passaremos agora a fiscalizar a efetivação dos servidores que hoje tem 20 horas e em maio terão a mudança para 40 horas semanais.

Aconselhamos aos servidores que ganham abaixo do salário mínimo a procurarem a Prefeitura ou a Câmara de Vereadores para verificarem se seus nomes estão contidos na lista do anexo I do referido projeto.



segunda-feira, 12 de agosto de 2013

SERVIDORES DA SAÚDE COBRAM MELHORES SALÁRIOS E CONDIÇÕES DE TRABALHO



Servidores em Assembleia no SINSEMA

Alguns Servidores Municipais de Altaneira que atuam na área da saúde cobram da atual gestão melhorias salariais, tais como a insalubridade. Os Servidores buscaram apoio junto ao SINSEMA, Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira, na esperança de angariar maiores forças nessa luta.   
Acompanhamos que há vários meses o SINSEMA vem cobrando e reivindicando, porém, de forma muito tímida, a concretização de alguns direitos da categoria. Vale salientar que esse direitos estão garantidos pelo Estatuto dos Servidores Municipais de Altaneira, Lei 540, de 28 de dezembro de 2011.
Os dirigentes sindicais postaram no perfil do Sindicato na rede social facebook, texto relacionado a tal situação:
“Sindicato retoma pauta de reivindicações com a atual secretária de saúde sobre os problemas enfrentados pelos servidores do setor. Frente às muitas cobranças do sindicato de melhorias de condições de trabalho dos servidores da saúde, o município alega que é preciso determinar em qual quota de insalubridade cada um se encontra. No final de 2012 os técnicos tiveram cortes no salário. Saldo: Alguns tiveram salário reduzido em 2013, não recebem adicional noturno, não recebem insalubridade. Sabemos que existe uma tabela de insalubridade para 10%, 20% e 40%. Iniciou-se em junho ultimo um processo para servidores desse setor serem avaliados e realizado por um técnico de segurança do trabalho, e ser feito laudos atestando o nível de insalubridade a que são expostos. Estamos aguardando a conclusão dos laudos.
Os dirigentes citam que alguns servidores sofreram cortes salariais no final de 2012 e que outros obtiveram reduções em seus vencimentos agora em 2013, não recebem adicional noturno e nem insalubridade. E a espera continua.

Acreditamos que toda Entidade Sindical deve agir com um forte canal de diálogo com os chefes dos poderes aos quais seus representados estão ligados. Mas, não havendo entendimento ou as promessas não sendo cumprida, a espera já por demais tardias, é tempo de buscar um apoio ainda mais forte junto ao Ministério Público. Se ficarmos nessa de esperar pela boa vontade do patrão, as leis continuarão sendo desrespeitadas e os servidores sofrendo com perdas salariais e péssimas condições de trabalho.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

COMUNIDADE DE ALTANEIRA SOFRE COM FALTA DE MEDICAMENTOS


Há vários dias que a comunidade mais humilde e carente do nosso município vem reclamando e cobrando providências a respeito da falta de medicamentos e materiais hospitalares no hospital municipal Euclides Nogueira Santana, único hospital de Altaneira.
Muitos populares têm nos procurado e denunciado que levam seus filhos ou outros parentes para serem atendidos emergencialmente no hospital e os técnicos e/ou atendentes relatam que não podem fazer muito, pois estão sem os materiais básicos de primeiros socorros tais como: seringa, esparadrapo, gaze, atadura... Alguns procuram comprar quando possível nas farmácias ou buscam atendimento nas cidades vizinhas.
Outro ponto muito criticado pela população é uma taxa que tem que pagar para fazer exame de sangue, muitos não faz por não terem condições financeiras para tal.
Na ultima Sessão na Câmara de Vereadores apresentamos Requerimento cobrando providências a esse respeito e a ida da atual Secretária de Saúde do município a Câmara para prestar esclarecimentos nesse ia 13 do corrente mês e ano, todos aprovados com maioria absoluta.
Sabemos também que foi licitado mais de um milhão de reais no inicio de janeiro para compra de medicamentos e materiais hospitalares nesse ano. Estamos efetivando fiscalização sobre as compras já efetivadas nesse primeiro semestre e já detectamos valores pagos as empresas licitadas referentes à compra de medicamentos e materiais hospitalares.



Cobramos mais uma vez que mais essa situação precária em que se encontra nosso hospital seja resolvida o mais breve possível, e que nossos gestores gastem nossos recursos públicos com prioridades e que tenham a saúde como uma delas. Aguardaremos as justificativas da nobre Secretária e protocolaremos denuncia no Ministério Público após a juntada de documentos comprobatórios.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

CONCURSO PÚBLICO: MAIS POLÊMICAS.

Imagem Ilustrativa.
Como já postamos nesse blog, o relator da Comissão, Ver. Edezyo Jalled, afirmou que ao invés de fazer o encaminhamento a Presidenta da Casa, Vereadora Lelia Oliveira, onde a mesma se encarregaria de fazer a devolução ao Executivo, optou por utilizar de toda sua cordialidade e privilegio que são acolhidas pelos “chefões” do Executivo, solicitou ao Procurador e ao Prefeito que realizassem as alterações sem necessidade de encaminhamentos, ofícios e outros meios burocráticos.

No entanto, o Prefeito e nem o Procurador não atenderam ao Vereador, não fizeram nenhuma correção e o Projeto continua com as mesmas irregularidades e não será votado até ser feito as devidas alterações.

Hoje pela manhã, o Vereador Edezyo entendeu o que já havíamos antecipado que devemos fazer o tramite legal e não confiar nessa de cordialidade. A Comissão Permanente irá encaminha-lo para Presidência da Casa para que ela  faça as devidas atribuições legais.

Continuaremos no aguardo da manifestação do Poder Executivo com respeito ao Projeto.


Acredito que não haveria necessidade de tanta falta de entendimento. Não custaria nada ao responsável pela elaboração do Projeto em acrescentar as atribuições e os valores salariais de cada função. Mesmo assim iremos continuar cobrando as correções e a efetivação do concurso público.


Ou  será que fazem isso de proposito para que não  o concurso não aconteça?

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

CONCURSO EM ALTANEIRA? AS EXPECTATIVAS NÃO SÃO BOAS.

Imagem ilustrativa.
Desde que o Projeto de Lei 010/2013 que dispõe sobre a Criação de Cargos de Provimentos Efetivos e solicita autorização para realização de Concurso Público em Altaneira foi encaminhado a Câmara de Vereadores de Altaneira em 18 de junho de 2013, o Projeto passou a ser analisado e questionado por alguns Vereadores.

Como é de conhecimento de muitos, o referido projeto contém algumas anomalias. Citamos uma das como a criação de alguns Cargos sem as suas respectivas responsabilidades, atribuições e os valores referentes aos vencimentos.

A Comissão Permanente da Câmara, que tem a função de proferir Pareceres sobre as matérias, decidiu por unanimidade sobre a devolução do Projeto ao Executivo Municipal para que fossem realizadas as devidas alterações.

O relator da Comissão, Ver. Edezyo Jalled, afirmou que ao invés de fazer o encaminhamento a Presidenta da Casa, Vereadora Lelia Oliveira, onde a mesma se encarregaria de fazer a devolução ao Executivo, optou por utilizar de toda sua cordialidade e privilegio que são acolhidas pelos “chefões” do Executivo, solicitou ao Procurador e ao Prefeito que realizassem as alterações sem necessidade de encaminhamentos, ofícios e outros meios burocráticos.

Tanto o Prefeito como o Procurador se comprometeram em encaminhar até na ultima sexta-feira, 02/08. Mas, até o momento não foi protocolado nenhum documento referido ao concurso na Câmara. Sendo assim o Projeto ainda esta aqui na Câmara intacto, sem devolução e muito menos sem as devidas alterações.

Surgiram alguns comentários na cidade de que o Projeto já havia sido devolvido pelo Executivo a Câmara com as correções e o mesmo aguardava somente aprovação dos nobres Vereadores. Mas, pra ser sincero, o mesmo em nenhum momento se ausentou da Câmara de Vereadores.


Acredito que os interessados em participar de um concurso público em Altaneira para que possam garantir um futuro mais seguro e certo, escapar dessa politicagem covarde que assola nossa cidade, tem toda razão em tecer criticas a Câmara de Vereadores de Altaneira como também ao Executivo Municipal, por estar a quase dois meses com o Projeto e por displicência e falta de comprometimento com a comunidade não fizeram os encaminhamentos devidos. 

sábado, 3 de agosto de 2013

IBOPE APONTA CRESCENTE NO DESCRÉDITO DOS BRASILEIROS SOBRE A PRESIDENTA DILMA

Dilma. Foto docedezoito.com.
Dilma. Foto UOL noticias.
Segundo o ICS (Índice de Confiança Social) medido pelo Ibope e divulgado nesta quinta-feira,1º, a confiança do brasileiro na Presidência da República caiu de 63 para 42 pontos. A queda de 21 pontos em comparação com a avaliação de 2012 foi a maior entre as 18 instituições públicas e privadas que foram pesquisadas.
Entre 2012 e julho passado, todas as 18 instituições avaliadas pelo Ibope se tornaram menos confiáveis aos olhos da opinião pública. É um fato inédito nas cinco edições da pesquisa. O índice de confiança nas instituições caiu sete pontos, de 54 para 47, e, pela primeira vez, ficou na metade de baixo da escala, que vai de zero a cem. Na primeira edição, em 2009, marcava 58.
O resultado é ainda mais preocupante para o Congresso e para os partidos políticos. Mesmo sendo os piores do ranking de confiança das instituições, caíram ainda mais: de 36 para 29 pontos, e de 29 para 25, respectivamente. Mantêm-se nos dois últimos lugares da classificação desde 2009.
A confiança no sistema público de saúde sofreu a terceira maior queda, de 42 para 32, e segue na 16ª posição. Daí candidatos de oposição que sonham disputar a sucessão presidencial em 2014 começarem a articular suas candidaturas em torno do tema. 
A confiança no Judiciário também caiu, de 52 para 46 pontos, mas como as outras instituições caíram ainda mais, a Justiça foi da 11º para a 10º posição no ranking.

Ah se o IBOPE pudesse medir o descrédito do povo altaneirense a despeito dos nossos gestores. Acredito que nos surpreenderia.