sexta-feira, 15 de março de 2013

DROGAS É O TEMA MAIS DEBATIDO EM ALTANEIRA


Jovens Altaneirenses em peça teatral sobre como prevenir o uso de drogas.
Após a publicação feita no blog de Altaneira a respeito do crescimento exagerado no consumo e venda de drogas nas ruas da cidade de Altaneira essa noticia se espalhou de forma assustadora por todo território cearense em todas as emissoras de rádios da nossa região, como também se tornou o assunto mais comentado na cidade e nas redes sociais na internet.

Na matéria postada pelo Jurista e administrador do Blog de Altaneira, Raimundo Soares, ele chama a atenção que nos últimos 4 anos, segundo informações de populares, o tráfico se intensificou na cidade e zona rural do Município. E o número de usuários cresceu de forma assustadora, atingindo pessoas de todas as classes sociais; são estudantes, agricultores, comerciantes, autônomos e desocupados.

Na ultima Sessão Legislativa foi aprovado Requerimento do Vereador Edezio Jalled solicitando a realização de Audiência Pública para debater as ações e os efeitos do uso de entorpecentes no Município de Altaneira.

Em seu Requerimento o Vereador propõe que sejam convidados para participarem da Audiência Pública o Prefeito Municipal, o Promotor de Justiça, o Delegado Regional da Policia Civil o Comandante da 5ª. Cia da Policia Militar, os Secretários Municipais de Educação e Saúde, os membros do Conselho Tutelar, os Diretores de Escolas do Município, o Administrador do Blog de Altaneira, o Procurador Geral do Município, os alunos das escolas do Município, os pastores das igrejas evangélicas e o Padre Alberto.

Foi firmada a data do dia 02 de abril de 2013 às nove horas para realização da mesma na sede da Câmara Municipal de Altaneira.

Os debates nas redes sociais e na cidade por inteira ainda continuam a todo vapor. Além das postagens nos blogs de Altaneira e Informações em foco.

Muitos jovens já temem medidas extremas como o Toque de Recolher. Temem ainda a interrupção das festas em finais de semanas e o fechamento dos estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas às 10h. Essas foram as responsáveis por muitas criticas feitas pela nossa juventude. Em contra ponto, ouvimos muitos pais defendendo tais medidas, afirmando ainda que é preciso urgentemente essas e outras medidas, “só não dá pra continuar como esta.”

Entendemos que toda essa discussão é muita importância e de grande relevância para que possamos realizar tal Audiência Pública com muito mais informações, segurança e com o ponto de vistas de vários altaneirenses. Sendo assim, todo esse adiantamento nas discussões de medidas só se concretizarão nos dias posteriores a Audiência Pública com os encaminhamentos das autoridades após o colhimento das propostas dos participantes.

Para Raimundo Soares Filho, Várias cidades do interior do Brasil, com população nos níveis da nossa diminuíram o consumo de drogas licitas e ilícitas, prostituição infantil e outros delitos com a determinação de se fechar os bares e similares as 22h., será uma proposta a ser discutida na Audiência Publica. Ele acrescenta ainda que Pelo bem comum todos devemos fazer um sacrifício temporário, queremos nossa Altaneira de antes.

Sem querer me adiantar ao debate que deveremos conduzir na Audiência Pública, quero registrar aqui que esse problema vem se agravando a cada ano, principalmente nos últimos dois anos em que a nova e tão esperada gestão assumiu o poder. Nossa JUVENTUDE vem a cada dia, cada vez mais desmotivada, diminuíram, pra não dizer acabaram, os poucos programas sociais que existiam, como também a falta de empregos e as varias demissões ocorridas nesse período, contribuíram pra isso. Juventude sem ter o que fazer e sem muita perspectiva de vida começa nas drogas licitas e acabam nas ilícitas. É preciso o entendimento ainda de que a Polícia Militar exerce um papel fundamental nesse ponto, no entanto, ela precisa de apoio da comunidade e principalmente dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Nesses últimos anos acompanhamos em Altaneira a dificuldade da policia em trabalhar, em alguns meses nesse período era notório a falta de parceria entre a Policia Militar e o Executivo Municipal. Mas com certeza iremos ter maior propriedade e maiores informações na Audiência Pública com a participação dos gestores e autoridades responsáveis pelos poderes citados.